Tallinn, o segredo mais bem guardado da Europa

Por Sheila Machado*

“O segredo mais bem guardado da Europa”: o título já foi de Praga, mas hoje o tesouro do continente – ainda intocado por horda de turistas – é Tallinn, capital da Estônia.

O centro histórico da cidade é medieval e rodeado por uma muralha:

Foto de Sheila Machado

Nas pequenas ruas todos se encantam com as construções do século 14, muitas delas reformadas, por causa das guerras e ocupações. As dezenas de cafés e restaurante são convidativos para relaxar das andanças por igrejas, galerias e lojas.

Foto de Sheila Machado

Kiek-in-de-Kök, uma torre de canhão que literalmente significa ‘espiar na cozinha’, era usada pelo guardas para vigiar a população e a área externa. A capital estoniana já foi conquistada por russos e alemães. Mas invadir por Kiek-in-de-Kök era difícil: nove balas de canhão de Ivan, o Terrível pararam em suas paredes. Atualmente a torre abriga um museu que conta a história do desenvolvimento de Tallinn, com mapas e modelos da cidade antiga.

Foto de Sheila Machado

A entrada da citadela

Outro ponto obrigatório de visita é o Palácio e o Parque Kadriorg. O complexo, construído em 1718-36, foi construído pelo czar russo Pedro, o Grande para sua mulher, Catarina I. A obra foi feita logo depois de Pedro conquistar a Estônia na Grande Guerra do Norte. Hoje, o palácio barroco abriga o Museu de Arte Estrangeira.

Foto de Sheila Machado

Raekoja plats, a praça da prefeitura

Também imperdível é a catedral russa ortodoxa Alexander Nevsky. Sua fachada, impressionante, domina a praça Lossi, no alto de Pikk jalg. Com uma arquitetura quase opressora, fica estrategicamente à frente do Castelo Toompea, tradicional assembléia da Estônia e onde os movimentos nacionalistas ganharam força.

Foto de Sheila Machado

Catedral Alexander Nevsky

Para ver toda a Tallinn do alto, a dica é subir a a metade dos 124 metros da torre da igreja Oleviste, onde fica o deck de observação. A escada é apertada, íngreme mal iluminada. Mas vale a pena:

Foto de Sheila Machado

Acesso pelo Báltico
Algumas pessoas podem achar Tallinn um tanto inacessível. Não é. Um dos meios mais fáceis e bonitos de chegar lá é pegar o ferry que sai de Helsinque, capital da Finlândia. A viagem dura em média duas horas, mas pode ser cancelada se não houver condição de navegação no Mar Báltico.

E, na volta, é possível fazer compras no free shop do navio. Muitos finlandeses aproveitam para encher a dispensa de bebidas alcoolicas, mais caras em seu país por causa dos impostos.

* Este post foi originalmente publicado em agosto de 2009 no blog Passaporte, do JB Online

1 comentário

Arquivado em Europa

Uma resposta para “Tallinn, o segredo mais bem guardado da Europa

  1. Alex

    Tallinn é uma cidade linda! Um artigo muito interessante. Deixo o link de quem fala sobre o assunto: http://viagemhoje.com/tallinn-capital-europeia-da-cultura-2011.html

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s