Arquivo da tag: Royal Holiday

Jungle tour é um divertido snorkeling para principiantes em Cancún

Por Sheila Machado*

Quando os turistas resolvem sair dos resorts em Cancun, um dos passeios mais procurados é o jungle tour. Apesar do nome, não há selva. O clima de aventura fica por conta de um passeio em alta velocidade de lancha pela laguna, lar de centenas de crocodilos.

Sheila Machado

Sheila Machado

Sheila Machado

O tour é feito por várias agências que ficam à beira da laguna, na Zona Hoteleira. A parte da laguna é sempre a mesma: em cada lancha cabem até quatro pessoas, que passam por mangues para chegar a um recife de corais no mar. A maioria das agências leva à barreira de Nizuc, mas em três delas os turistas mergulham no Recife Anjo, menos lotada que Nizuc. Em ambos os locais, as pessoas têm 45 minutos para mergulhar de snorkel. Ao todo, o passeio dura de duas horas a duas horas e meia e costuma sair por US$ 60.

Todos precisam usar coletes salva-vidas, inclusive quem sabe nadar bem. É um mergulho bom para principiantes: é divertido e dá tempo de voltar para o hotel, aproveitar a praia e a piscina. Se você tem prática, a pedida é mergulhar com tanque em locais como Cozumel, Isla Holbox e Isla Mujeres.

Sheila Machado

* Viajou a convite da rede de hotéis Royal Holiday

** Este post foi originalmente publicado em setembro de 2009 no blog Passaporte, do JB Online

Deixe um comentário

Arquivado em América do Norte

Depois da gripe e de furacões, hora de ir para Cancún

Por Sheila Machado*

Depois do temor da gripe suína e da pior época da temporada de furacões ter passado, volta a ser um bom momento para visitar o México. Para os brasileiros, Cancun é o primeiro destino que vem à cabeça: hotéis de luxo e as águas azuis transparentes – e quentes – do Caribe são ótimos para recarregar as baterias nas férias.

Sheila Machado

Quem vê as centenas de lojas e restaurantes da Zona Hoteleira e do Centro acha difícil imaginar que até os anos 70 não havia quase nada em Cancun. A cidade foi construída para dar aos turistas uma alternativa a Acapulco. Hoje, é uma boa base para uma viagem mais longa por toda a península de Yucatán, como você verá em uma série de posts do Passaporte.

Sheila Machado

A principal atração de Cancun são mesmo os resorts e suas praias paradisíacas.

Sheila Machado
Sheila Machado

A convite da rede Royal Holiday, fiquei hospedada no Cancun Caribe. É possível hospedar-se pagando um pacote ou diárias normais, mas a rede é mais conhecida em todo mundo por seu sistema de tempo compartilhado, criado nos anos 80. Com o pagamento de uma taxa para se tornar membro e de anuidades – que variam de acordo com o país e o programa escolhido – o titular do sistema de Créditos de Férias e sua família têm direito de hospedagem. No anos 80, a viagem tinha que ser sempre no mesmo hotel e destino. Mas no início dos anos 90, o Royal Holiday introduziu o conceito de “propriedade de férias”, que deu ao público a possibilidade de viajar quando e para onde quisessem, pelo tempo e no alojamento desejado. Os créditos podem ser usados tanto para tempo de férias quanto para tipo de alojamento.

Sheila Machado

Nos últimos seis anos o Royal Holiday aumentou a quantidade de destinos, para turismo e negócios, em aproximadamente 115%. Este ano, espera alcançar a marca de 165 resorts cadastrados pelo mundo. O destino preferido dos mais de 70 mil associados é o Caribe, mas há hotéis nas principais regiões turísticas do mundo e o programa também pode ser usado em cruzeiros.

O Cancun Caribe tem três piscinas e uma jacuzzi na área externa, além de três restaurantes. Numa das piscinas, o conforto é total: camas para tomar sol ou ficar à sombra e bar dentro d’água:

Sheila Machado
Sheila Machado

E a linda praia, claro:

Os quartos e suítes são bem diferentes, dependendo do estilo de acomodação escolhido. Nas suítes mais luxuosas, a jacuzzi fica na varanda, de frente para o mar:

Sheila Machado

Veja mais fotos do Royal Holiday Cancun Caribe:

Sheila MachadoSheila Machado

Sheila Machado

Sheila Machado

Sheila Machado

Sheila Machado

Sheila Machado

Sheila Machado

Sheila Machado

Sheila Machado

Visto
Brasileiros precisam de visto para entrar no México. Para tirar o documento de turismo é necessário um passaporte com validade de pelo menos seis meses e pagar uma taxa de R$ 71, no próprio consulado. Vá preparado. A lista de documentos pedidos é grande: confira no site, na opção “vistos”. Mas a boa notícia é que o visto costuma ficar pronto no mesmo dia.

* Viajou a convite da Royal Holiday

** Este post foi originalmente publicado em setembro de 2009 no blog Passaporte, do JB Online

Deixe um comentário

Arquivado em América do Norte